Love Me

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

FELIZ ANO NOVO!


Se acreditas, no Amor e queres Amar..
Se queres Luz na tua vida, e na do teu próximo.
Se acreditas em Jesus, no Cristo que habita em ti como eu..
Então nada nos separa, pois somos Um Só!

Namasté! (Eugénia DeAlmeida)

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

O ESPÍRITO SANTO!


Compreendemos que tudo o que nos rodeia, faz parte de um só espírito. 
Grandioso, miraculoso, amável, gentil, benévolo, cheio de toda a criação dele próprio e de uma generosidade infinita. 

Compreende o quanto somos  amor sob todas as formas, que me levam a êxtases divinos de comunhão e contemplação profunda. 

Assim compreendemos que somos unicamente, puramente espirituais e nunca fomos qualquer outra coisa.  

Namasté! 
Eugénia De Almeida

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

O TAMANHO DA LUZ!


A Luz nunca Impõe...
A Luz tudo aceita,  trabalha e transcende.
Na Luz, mergulha-se dentro do lodo mais escuro, se queremos conhecer de verdade o tamanho da nossa Luz.
O quanto é forte e rico o nosso Espírito, em corpos frágeis e fracos..
A Luz só obedece à sua Luz, a nada mais, ela devasta, implode e explode por todo lado. 
Quando te toca de verdade, já não te pertence, mas tu  a ela pertences.

Namasté! (Eugénia De Almeida)

FOI POR MAITREYA!

 

 Um presente da luz!
Hoje, sim..
Hoje olhei para trás para aquele dia, aquele Maio que me presenteaste com o divino do meu ser.
Naquele dia que fiquei a saber o que era a luz em mim e nunca mais a pude abandonar em ser algum...
Como um presente do divino que me obriga a ajoelhar-me em reverência não pelo brilho da luz, mas pelo que é de facto ser luz.
Mas hoje ao lado da Mãe do mundo, chorei e chorei por todos os que são privados dessa sua própria luz.
Pertenço ao Crísto bem sei, pertenço à luz bem sei, pertenço à humanidade, porque ela me pertence bem sei . 
Foi escolha minha bem sei, mas nada me pertence, nem eu própria, nem as lágrimas que brotaram do meu ser por amor a vós, aquilo que para alguns irá acontecer.
Foi por amor que me doei sim, foi pela luz que há em ti que não sabes que é igual à minha. 
Foi pela verdade que por ti jurei, e é numa oração, que em cada amanhecer neste mundo nascerei, naquele que por mim chama.
E é no silêncio que te dou a mão, quando tudo fazem para que não a sintas.
Mas sente a tua luz, sente a tua oração, sente que na verdade jamais a luz abandona seja quem for..

Sente o abraço que te é dado na alma como uma doce canção! 
Namasté! 
Eugénia De Almeida

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

CORAÇÕES SILENCIOSOS!


 O silêncio é a forma como Deus comunica connosco.
Apenas no silêncio, conseguimos escutar o sábio que habita dentro de nós.
Há conversas que só conseguimos ter com o próximo e com nós próprios, ativando o silêncio.
É então que pela alma escutamos o nosso coração, é então que escutamos a outra alma, o outro coração.
Assim, entramos numa sincronia em que as palavras só fizeram barulho. 


Um barulho propositado, para que aquele coração que é nosso e pelo amor, assim se manifestasse.
Há silêncios que são repletos de luz, outros de amor, outros ainda de vozes que nunca ouviste.
 Mas há silêncios repletos de ti, esses silêncios são o sábio, esses silêncios são os únicos que te elevam à expansão da tua consciência.
São os únicos, em que o intelecto,  o mental e tantos outros tiveram de se sentar, e deixar o sábio ocupar o seu lugar.


Há silêncios em que podes escutar o teu silêncio.

Muita Paz!


Eugénia De Almeida

A FORÇA CONCILIADORA!

Fomos feitos para partilharmos o que somos, aceitando o bom ou o mau..
Mas amando...
Sem amor, esse energia sagrada, essa força conciliadora nada existe..
É essa essência, que nos faz quebrar barreiras, expandir com coragem toda a fé pelo cosmos.
Liberta-nos dos grilhões que nos aprisionam e elevam-nos para a luz entrando no uno...
No fluxo da consciência divina, do novo ser que somos.
Seres de puro amor, sagrados e divinos.

Namasté! 
Eugénia De Almeida

UM LUGAR TEU!


Lembra-te que há um lugar só teu, cheio de amor puro...
De amor divino, pelo teu próprio SER...
Tantas promessas..
Mas só por amor..
Amor, a um amor maior, essa luz divina que és tu..
Subam nas asas do amor e voem libertos na liberdade do ser que são.

Namasté!


Eugénia De Almeida 

A SUAVE POMBA DO CRISTO!


Bênçãos de amor puro...
A luz deste sol que brilha dentro de mim..
Fonte da Luz Divina, que desce em amor, do Eu Sou.
Esta luz, este amor, esta vida não tem principio nem fim.

O brilho da tua luz é maior que todos os sóis do universo juntos.
Deixa que desperte e irradie e doa-a com amor por todo o universo.
Deixa que a tua essência transborde desse amor divino.
Deixa que o Espírito Santo, a beije com a suave pomba do Cristo!

Namasté!
Eugénia De Almeida

domingo, 26 de dezembro de 2010

O SERVO DO AMOR!

Houve dia, que desejei acordar, e ver aqui mesmo um passarinho.
Que por ele me fazia voltar...
Até ti...
Roubando tempo ao espaço, roubando espaço ao tempo..
Algures no meio, numa ténue linha que nos separava, estava uma gota.
Uma gota de ti, pequena gota de mim.
Uma gota de puro amor, que nos une agora e sempre.
 

  É no silêncio que o verdadeiro amor se revela..
Que se desnuda até de si  e se transcende esse amor na unidade da luz.

No teu silêncio! 

Namasté!


Abdul Wadud e Tarumani Baruch
عبد الودود

NO TEU CENTRO SOLAR!


No teu centro solar, irradia a transcendência sobre a apatia do ser.
O sentido da viragem, que reflecte a busca constante, da irradiação plena do amor divino sobre o homem.
Os cardíacos despertam e elevam-se, onde antes apenas os anjos chegavam.
E tu e eu somos um só Sol, que amorosamente alentam e recebem cada alma em louvor, no divino esplendor ao Senhor Supremo.
Onde tu e eu somos um só!
Muita Paz!

Abdul Wadud e Tarumani Baruch
عبد الودود

O VOO PARA A TUA LUZ!


Abram as asas anjos de Luz.
Voem e libertem todo o vosso Ser, de qualquer limitação ou bloqueio.
Somos Seres Divinos, ricos de todas as virtudes e graça Divina abundante.
Somos Seres Livres, para voar rumo à nossa Luz, nesse encontro com o PAI e  a Mãe..
Nesse encontro, como almas livres entoando cânticos de elevação e ascensão Planetária!
De Unidade Cristica..
Muita Paz!

Namasté! (Eugénia De Almeida)

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

LIBERTOS NA LUZ!


Tudo eu te consagrei..
Apenas me restou uma túnica do amor puro...
Mas tambem isso te pertence, para que agora libertos conforme a vontade do meu pai, tudo se cumpra..
Assim como em cima, assim o é em baixo.

Assim como é dentro, que se faça fora.
Que se faça em mim, só o amor e a luz.


Que venha a luz, que haja luz, que desça a luz..
Pois EU SOU O QUE SOU.
O ALFA E ÓMEGA...
O principio e o fim.
Eu sou a luz do mundo.
Assim como tu.

Namasté!  

Eugénia De Almeida

POR AMOR VIM!


Algures no meu ser, acordei aqui neste cantinho do céu, neste colinho da mãe Terra.
Porque aqui estás como parte de mim, porque me tens e eu aqui estou em ti.
Por amor vim, por amor estarei onde estiveres, em ti, como tu estás em mim.
Foi por amor que vim, um amor que esperavam há tanto tempo, pois aceita-te, para que o possas aceitar como o mereces.
AMO-TE!

Namastè! 
Eugénia De Almeida

NA LUZ MAIOR!


Dei-te o meu coração...
Porque o teu reino, é o reino do amor..
Entreguei-te os meus sentidos, para que me mostrasses o caminho..
Pois em mim em tudo tu vives, assim como eu em ti .
E na essência de existires em tudo, porque tu és o todo de tudo !
Somos seres divinos, somos seres puros de luz e amor!
Fontes de abundância divina!
Vós sóis a luz do Mundo!
Nesses vossos cardíacos, depositei a minha semente, activa e desperta agora!
Somos um só, uma só Fonte de amor e luz!

Deixa que brote, essa água que te sacia e aos demais.
Pois sois o mesmo em mim.
Pequenas gotas, de um amor puro.
Pequenas luzes, de uma luz maior.

Muita Paz!  
A consciência crística universal una


Eugénia De Almeida

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

ETERNO ÉS!


Eterno é o amor, que sustem e irradia, na certeza de amar sem limites..
É intocável, para os impuros de alma e coração, mas morada daqueles...
Que nada anseiam para si mesmos!
Para alguém como tu, palavras são apenas portais que tu atravessas rumo à tua luz!
Que tenhas, todos os dias da tua existência cheios de luz, amor e mui
ta paz!
Não terminou...
Apenas está a começar para ti e para mim, que renascemos agora "Fénix Sagrada"..
No meu amor, sem tempo nem espaço eternamente!

No berço da luz do Pai!

Namasté! 
Eugénia De Almeida

ESPAÇO SECRETO!



Dentro de nós existe um espaço secreto, só nosso.
 Um lugar onde apenas nós podemos aceder.
É nesse espaço, que se encontra um livro e uma caneta que pode ser de ouro mas pesada, ou uma pena mas leve, onde escrevemos a história das nossas
vidas.
Escolhemos experienciar o amor na sua forma mais pura..
E isso leva-nos a dimensões profundas, onde o amor se expressa como precisamos, para a nossa evolução...
Alguns escrevem, para os outros para se esquecerem de si, outros escrevem para si, para se lembrarem dos outros!

Namasté! 
Eugénia De Almeida

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

ESTRELA DA MINHA ALMA!

És a brilhante Sirius, és a Luz que me ilumina na noite mais escura, envolta em eterno mistério, a tua ascensão sempre precedia as cheias do rio Nilo.
Fonte de Luz minha eterna amada, és a estrela Sirius da minha alma.

Abdul Wadud
عبد الودود

 

IRRADIA!


Esperança!
Como o sol nasce todas as manhãs, assim esta semente de amor e luz do Pai....
Nasce e renasce com ele....
Crísto irradia todo o teu amor....
Desperta a Luz e brilha, brilha, brilha dentro de mim..
Irradia sob todas as esferas celestes esse amor, essa tua e minha luz sem fim!
Manda teu Espírito, que a luz ilumine todos os corações!
Ninguém está só, tudo lhe pertence.
Tudo ele cuida, no cansaço entreguem-se a esse colo de amor.
Tudo eu entreguei e tudo lhe confiei, nada a temo pois o seu amor é grande demais.
E quando o fiz todos comigo eu levei na luz que até a ele me conduz.
Que é tua, minha, de todos e de ninguém...
Namasté! 


Eugénia de Almeida

QUANDO TE CHAMEI!


Quando te chamei vieste...
E pegaste a minha mão na tua..
Seguraste no meu coração universal, e teu poder derramaste em meu Graal.
Pois tudo o que era meu te pertencia, tu eras eu, e eu eras tu num só universo..



Trago o som do coração, que pulsa a eternidade em ti.
Deixa, que te desperte o amor puro.
Deixa que pulse o sagrado divino que há em ti, em mim, na nossa unidade.
Deixa, que os nossos corações batam num só compasso.
O compasso do amor puro!

Namasté! 
Eugénia De Almeida

sábado, 18 de dezembro de 2010

O ESPAÇO DE MAITREYA!


Devemos ser humildes, sempre connosco primeiramente...
Deus não se afasta de ninguém, o Ser é que ao afastar-se de si próprio..
Afasta-se de Deus, da sua essência divina e distancia-se da verdadeira Sabedoria.
A viagem ao interior é fundamental, ama-lo até doer cada célula que esteve na sombra.
Amar, amar, amar o que é nosso, só assim saberemos o que é amar alguém!
E  despidos de tudo, irmos ao encontro da nossa criança interior, dar-lhe o afago, o amor e a protecção crística.
Como o Crísto se doou a nós, isso é preparar todo  nosso ser para o amor puro.
Para que Maitreya possa entrar no nosso espaço, e preenche-lo com todo seu amor  e com toda a sua luz!
Namasté! 


Eugénia De Almeida

O CENTRO DE SI MESMO!



Escutar...
O amor é um universo, que nos obriga a entrar no fluxo cósmico.
Faz-nos silenciar tudo, para que se expresse no nosso universo micro e macro.
No universo do nosso próximo, que somos nós mesmos.
Quando o permitimos, deixamos de estar em dualidade e tornamos-nos unos.
Doce, amoroso é retorno ao centro do si mesmo..
À tua luz divina, à tua chama divina, ao Crísto que há em ti e que és..
 
Namasté!
Eugénia De Almeida

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

ESTAR SEM NADA ESPERAR!


O caminho de retorno, é o encontro com belas melodias, emanadas do nosso Ser!
É uma chama desperta, que nos guia e ilumina na Luz.
No Amor por nós, e pelo universo!
É simplesmente estar, sem nada esperar.
Pois o caminho somos nós..

O meu coração pertence-te AMOR..
O nosso coração
só pertence ao AMOR...

 Namasté!(Eugénia De Almeida)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O TEU UNIVERSO EM MIM!


Amo-te universo...
Amo-te em mim e amo-me em ti.
Amei o teu universo que  me enlaçou, numa união de puro deleite e descoberta do ser.
Ouço uma gargalhada no ar, a alma eleva-se e os corações tocam-se.
Assim é amar, assim é sentirmo-nos amados e desejados.
Aninhados, num coração que ocupou todo o seu espaço connosco...
Assim todos o sejam, amem e amem-se mas sobretudo deixem-se amar...

Namasté! 
Eugénia De Almeida

A ÁGUA DA VIDA!


Vibremos no amor e na luz..
O Crísto desperto, é o amor e a felicidade trabalhada.
Vitórias e glórias anunciadas para aquele que crê em si, é crer no Crísto também.
Elevemos a nossa vibração à pureza de "ser", em vez de se "ter".
Eu Sou  amor e luz, porque são eles que me têm e são em mim.
Nada mais possuo e nada me possui senão ser livre para ser luz e amor..

Amo-te meu amado Crísto, pois o poder do teu amor é quem me levanta.
É quem me alimenta, é quem sacia a minha sede.
É quem me defende, daqueles que te temem em mim.
Amo-te  e agradeço-te por tudo, por toda a humanidade a quem salvaste.

Pelo poder do teu amor pelo teu Fogo Sagrado agora desperto em mim.
Pela tua "Fonte do Inefável", agora activa e desperta dentro de mim.

Namasté! 
Eugénia De Almeida


quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

DEIXEM-SE AMAR!


Deixem-se ser amados, por esse homem que existe em vós, essa energia masculina que todos os seres têm, amando a vossa feminina.
Equilibrem as energias masculina e feminina dentro de vós, isso só é possível se deixarem de ver só homens e mulheres.
Mas SERES completos que são, quando fundem e equilibram essas energias dentro de vós.
Estão ligados a vós, ao Pai e à Mãe dessa forma ligam-se à existência Divina.
O contrário, é pura mentira de quem nem sabe o que diz, e é usado para que o planeta continue no estado em que está, para outros propósitos!
Unem-se como irmãos gémeos dentro, e vivam-no fora com cada um, nas vossas vidas.

Muita Paz!
Namasté! (Eugénia De Almeida.)

SEM TEMPO, NEM ESPAÇO CRIANÇA DE IOSHUA!


Hoje, aqui e agora sem tempo nem espaço uma criança te esperou.
Uma criança apenas a ti se entregou, por amor deu-te a mão e uniu-se ao teu coração.
O caminho eras tu, o eterno descanso do teu colo à espera desse sereno afago.

Nada mais temia, libertando o gemido da alma divina numa pomba de Ioshua.
Havia chegado o tempo, sem tempo..
Aqui e agora, apenas a luz existia em ti.
Aqui e agora, apenas a luz existia em mim.

Namasté! 
Eugénia De Almeida

O CRISTO EM MIM!


Tudo entreguei, pois eu tenho poder para recuperar-lo de novo...
Foi doado pelo amor que te tenho...
Eu serei sempre em ti, a tua menina..
O Crísto, o é em mim...

A minha vida é pequena demais, perante o amor que vos tenho...
Amem-se como eu vos amo em mim e nada vos faltará senão vocês próprios!

Namasté! 
Eugénia De Almeida

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

ESFERAS DIMENSIONAIS!


Quando se entra nas esferas dimensionais do Divino, ganhamos uma nova percepção.
O difícil já aconteceu, esse tocar, esse despertar...
O que desperta a seguir é sempre um mistério, mas guarda-lo são os tesouros da Alma, que trabalha á anos de Luz para que isso aconteça.
É nesse momento, que todo o Universo entra em Graça e Glória, mas isto são apenas palavras nesta Dimensão..
E as palavras só nos afastam do real, quando não há palavras, para descrever o que é vivido de facto.
É um acto de Amor tão grandioso, inexplicável, que tudo se torna pequeno, perante essa manifestação do nosso próprio Ser.
Ganhamos uma nova dimensão, a verdadeira dimensão do Amor por nós, só pode começar quando ultrapassamos as energias, e despidos de tudo é então que a Essência do nosso Ser nos toca e nos abarca para uma nova viagem do Ser.
Amo-te, meu lindo Ser..
Namasté! (A Lenda Abençoada e O Servo Do Amor)

ALMA SUBLIME!



Quando os corpos se transformam em almas, e se elevam no ar em sublimes figuras divinas, o corpo que dança transforma-se em ARTE, em puro sentimento humano que se dá ao outro que o contempla e que o faz também dançar, como aquele que em repouso contempla se transforma naquele que dança.
É lindo, magnifico.

Abdul Wadud
عبد الودود

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

GOTA DE MEL!



AMO-TE E MAIS QUE SIMPLESMENTE..
Puro, cristalino, verdadeiro,...
Não posso definir a palavra mas gostava que fosse, simplesmente..
Mas sinto, que quando te vejo nesse amor que sinto, que é rico, iluminado, feliz, gracioso, mágico e grandioso.
Este amor, é como um bordado ornamentado a ouro, preciosamente tecido pelas mãos de Deus, num rigor único e só dele.
Simplesmente, amo-te então com tudo isto e quem sabe quanto mais!

Namasté! 
Tarumani Baruch

E uma gota deste Amor é tanto, esta gota que nos humedece a ambos, que nos adoça a alma e nos faz vibrar o coração, esta gota que percorre o nosso corpo e nos acaricia.
Abraço-te pequenina gota de mel...

Abdul Wadud
عبد الودود

domingo, 12 de dezembro de 2010

COMTEMPLAÇÃO!

         

Compreendermos que, tudo o que nos rodeia faz parte de um só Espírito.
Grandioso, miraculoso, amável, gentil, benévolo, cheio de toda a criação dele próprio e de uma generosidade infinita.
Compreendemos o quanto somos amor sob todas as formas, que me levam a êxtases divinos de comunhão e contemplação profunda.
Assim compreendemos que somos unicamente, puramente espirituais e nunca fomos qualquer outra coisa mais.
Namasté!


Eugénia De Almeida

sábado, 11 de dezembro de 2010

DOCE AROMA DO DESERTO!




Foi pelo deserto que andei à procura de um oásis...

Caíram lágrimas que a areia bebeu...

Abdul Wadud
عبد الودود


Suave é a fragrância, doce e quente que vives dentro de mim...
Doce Aroma do deserto..
Assim ainda éramos um só..
E uma só gota quando pura no Amor, todo o Universo de Luz continha..
Saciada ficou a areia, nunca mais precisou de beber dessa água da vida.
Dessa gota da Fonte do inefável...
Desse Amor por mim e por ti; Universal...

O deserto ficou, para que te lembrasses de quem és, quarenta dias planetários...
De provas e lágrimas, para que te lembres da Pura existência do Amor, de existires em mim, como eu existo em ti...
Com Amor, beijo cada lágrima com a minha alma, acaricio e cuido como diamantes do Divino!

Namasté!
Eugénia De Almeida


Tarumani Baruch e Abdul Wadud



sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

RARO COMO TU!


O amor é no silêncio que se manifesta, descalço, despido e humilde..
É educado, gentil e respeita, pois é humilde sim..
É humilde o suficiente, para amar descalço de si, despido de tudo pois ama no silêncio esse amor puro..
Amo-te no meu silêncio sim..
Pois é lá que te encontro sempre ..

A vida é tão rara...
O mundo ama-te, que te sintas sempre amado pelo Mundo..
Por toda a vida...
Imparável como o meu amor por ti e imparável este amor que nasce em mim...
Raro como tu.


Namasté!  

Eugénia De Almeida

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

DE MÃOS DADAS!


Como infinitas estrelas no Universo, infinitos grânulos de silício são acariciados pela seiva feita mar.
Moldadas pela erosão transformaram-se em pequenos grãos, que se juntam aos já fragmentados órgãos rígidos de moluscos onde a original forma de concha ainda é visível.
O vento forma ondas de seiva que batem e esbatem a rocha que se transforma em escultura por onde com veneração observamos a vida de aves marinhas.
Ao sol, ao vento, de mãos dadas nossos pés sentem a caricia desta matéria inerte que nos dá vida.
Sorrimos e nos olhos um do outro observamos o Universo que nos envolve, de mãos dadas damos um beijo com que presenteamos todas as estrelas que nos observam.

Abdul Wadud
عبد الودود

PERFEITA A TUA IMPERFEIÇÃO!

 
Amo-te exactamente como és...
Perfeito na tua imperfeição, assim como eu, o outro, aquele...
Assim como cada coração que bate, que sofre, que sorri como o meu..
Assim, como cada abraço, que nos faz esquecer de quem sou, e de quem és, e nos tor
namos num Só.
Assim como num beijo que pode ser rápido ou longo, com significado ou insignificante, mas também ali nos tornamos um só!
Um só momento que dentro da tanta imperfeição, foi perfeito em si!

Namasté! (Eugénia De Almeida)

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

A QUIMICA DO AMOR!


Se o amor fosse químico, os laboratórios farmacêuticos vendiam pílulas e seria o negócio do século.
Masss...
A verdade, é que sempre que usam uma palavra, para definir o indefinível, dá-se mais uma explosão laboratorial dentro do Ser.
Depois, fala-se ainda em "amor" e na falta da liberdade para o ter...
Há ainda o amor incondicional, aquele que todos falam que sentem, mas que se os mandassem à montanha e tirar a vida ao seu próprio filho por amor a Deus, fariam-no?
Então, para que se saia da química das poeiras, do ADN, da Palavra até...
Tens de voltar à origem à essência primordial, aquela partícula Una.
Amor, essência, filho, pessoa, amada....
Tudo ainda humano, quando o amor é transcender tudo isto em nós.
E já rasgados, já cansados, já rendidos, mas completamente extasiados.
Mas completamente inebriados, transfigurados, já perdidos de tudo isso dentro de nós porque nos encontramos.
Nesse ponto onde todo o Universo, onde o "todo" se sustem, onde todo o universo se revela.
Não em palavras, não em som, não em luz, não em dons....
Mas já em ti mesmo na tua unidade total, desde o mais pequeno ponto de poeira, ao universo total.
Assim é o amor.
Sem palavras, sem nada mais que tu mesmo, onde quer que esteja...
Eu estou em ti meu amor!
Namasté!
Eugénia De Almeida

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

ETERNA CRIANÇA, PEQUENO PONTO!


Somos um ponto no infinito, vagueamos nele e agregamos à nossa volta as poeiras que nos cercam, vamos crescendo envoltos pelo pó, crescendo e crescendo, mal vemos o ponto que somos, já pouco sentimos daquilo que realmente somos, aquele pequeno ponto, da eterna criança que existe em nós.

Abdul Wadud
عبد الودود

Amo-te em mim eterna criança ...
Eterno ponto de um universo bem maior.
Grande é a alma, que apenas precisa de ser um ponto daquilo que
o é na verdade.
Eterna criança, pequeno ponto de um verdadeiro Crísto.
Pequeno ponto, de um universo maior de amor..
Que as bênçãos desçam sobre as crianças.

Namasté!

Eugénia De Almeida 

Tarumani Baruch e Abdul Wadud

sábado, 4 de dezembro de 2010

Pelos Recônditos Lugares Da Imaginação!



Uns procuram fugir pelos recônditos lugares da
imaginação, outros educam os seus olhos a ofuscar tal evidência.

Luz percorre o espaço entre nós, ilumina nosso
interior.
Como evitar, como obstar, como
consentir, como explicar a si próprio o que de que si próprio não consegue
aprisionar, a luz, que percorre o espaço entre nós.

A luz que violentamente embate em nós e nos devasta a
alma, e que faz verter em nossos olhos o suco da nossa essência.

Como claridade de um astro que nos aquece a alma e
que se transforma em som, nos suaviza e alivia a dor, essa luz que nos dá a
conhecer o indistinto sabor das palavras que nos afagam.


Abdul Wadud
عبد الودود

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

BUDA O CAMINHO!


Passo a passo, se faz o caminho da luz..
O caminho é feito por nós, não está feito por ninguém mais.
Somos nós, em cada passo que damos que o construímos, descobrimos, tiramos as pedras ou colocamos com as nossas escolhas.
Um Buda é aquele, que descobriu o caminho para a perfeição, para o Nirvana, e abdicou dele por amor à humanidade. 

Esse é o caminho da virtude e do amor puro.
Esse é o caminho do iluminado!
 

Namasté!
Eugénia De Almeida